Itanhém: População coloca prefeita Zulma contra a parede por contratar R$2.319.400,00 em combustível

Por Márcio Hack
DRT 4978-BA

O município de Itanhém, no extremo sul do estado, é uma cidade muito conhecida por ser o berço de artistas, pessoas cultas e, sobretudo respeitada por ter uma maioria da população honesta.

Esse belo referencial, no entanto, corre o risco de ser manchado devido ao começo confuso e suspeito do governo da prefeita Zulma Pinheiro (PMDB). Recém-empossada, a gestora está com uma relação de forte desgaste com a comunidade por conta de um contrato milionário de R$2.319.400,00, para ser gasto em 10 meses, no fornecimento de combustível.


Polêmica: Prefeita Zulma contratou R$2.319.400,00 em Combustível


Na cidade, a polêmica se instalou. Em cada roda de amigos, o assunto é o mais comentado e nas redes sociais, chovem pedidos de explicações à prefeita sobre a despesa.

“Os ratos branco passa a mão na maior cara limpa. Viva a mãe da saúde”, disse Luiz Baiano. “Isso é só o começo da derrocada”, indagou Auro Nunes. “Pergunta na próxima reunião da câmara onde vai gastar tanto combustível?”, afirmou Allan Lisboa.  “É triste ver que uma cidade que precisa de tanto é lesada assim”, completou Verônica São Leão.

Vizinha cidade de Medeiro Neto, consideravelmente maior, contratou
 menos da metade desse valor


Outra explicação que a população exige de Zulma é porque a despesa de Itanhém com combustível é o dobro da vizinha Medeiros Neto. Consideravelmente maior, Medeiros Neto contratou esse ano, para consumo de combustível, R$1.123.000,00. E isso, registre-se, para o período de 12 meses.

Com a obrigação moral de honrar o nome e a história de Itanhém, a gestora deve uma satisfação não só aos 6.174 eleitores que a elegeram, mas a toda população. Com a palavra, a primeira prefeita de Itanhém, Zulma Pinheiro dos Santos Vaz.